Maido, de lima é eleito o número 1 do Latin America’s 50 Best Restaurants 2017

O Maido, de Lima saiu da segunda colocação para reivindicar o título de Melhor Restaurante do Peru e Melhor Restaurante da América Latina. O restaurante, supervisionado pelo chef executivo Mitsuharu Tsumura, triunfou com sua cozinha Nikkei.

O Central, passou a ocupar o segundo lugar, seguido pelo D.O.M., de São Paulo; Pujol, da Cidade do México e Boragó, de Santiago, que receberam os títulos de Melhor Restaurante do Brasil, México e Chile, respectivamente. Completando os 10 melhores estão o Quintonil, da Cidade do México, em 6º lugar; o Astrid y Gastón, de Lima, em 7º; A Casa do Porco, de São Paulo, em 8º; Maní, em São Paulo, em 9º e Tegui, em Buenos Aires, em 10º.

Uma série de prêmios especiais foram apresentados durante a cerimônia:

  • Saiko Izawa d’A Casa do Porco, em São Paulo, recebeu o Best Pastry Chef Award.
  • O Chefs’ Choice Award, foi apresentado a Germán Martitegui, chefe-proprietário do Tegui, de Buenos Aires. Este prêmio é um reconhecimento dos colegas de profissão – de chefs, para chefs.
  • O Astrid y Gastón, de Lima, Peru ganhou o Art of Hospitality Award, prêmio que reconhece excelência e o melhor serviço da categoria.
  • O prêmio de Highest New Entry, foi para o Alcalde, de Guadalajara, no México, que entrou na lista em 36º lugar.
  • O Harry Sasson, de Bogotá, na Colômbia, ganhou o Highest Climber Award, depois de escalar 23 lugares até a 17ª colocação.

Os prêmios individuais anunciados em semanas anteriores foram apresentados aos vencedores:

  • Leonor Espinosa, foi premiada com o título de Best Female Chef.
  • Guillermo González Beristáin foi coroado vencedor do The Diners Club Lifetime Achievement Award.
  • O One At Watch Award, foi para o Oro, do Rio de Janeiro, no Brasil, liderado pelo chef Felipe Bronze

A Academia dos 50 melhores restaurantes da América Latina é composta por mais de 250 membros votantes. Os votos geram a lista, um barômetro anual de sabor. Está dividido em quatro regiões: México e América Central, América do Sul (Norte), América do Sul (Sul) e Brasil.

Manifesto do Latin America’s 50 Best Restaurants

É um marco gastronômico de renome mundial que mostra as principais tendências e destaca excelentes restaurantes de todos os cantos da região. O que constitui o “melhor” é deixado ao julgamento desses gourmets confiáveis e experimentados. Não há uma lista predeterminada de critérios, existem regras de voto rígidas.

Foto – http://mma.prnewswire.com/media/590006/Latin_America_50_Best_Restaurants_2017.jpg 

FONTE Latin America’s 50 Best Restaurants

SOURCE Latin America’s 50 Best Restaurants

Related Links

http://www.theworlds50best.com/latinamerica/en

Powered by WPeMatico

You might like

About the Author: Carrie Brunner

Carrie Brunner grew up in a small town in northern New Brunswick. She studied chemistry in college, graduated, and married her husband one month later. They were then blessed with two baby boys within the first four years of marriage. Having babies gave their family a desire to return to the old paths – to nourish their family with traditional, homegrown foods; rid their home of toxic chemicals and petroleum products; and give their boys a chance to know a simple, sustainable way of life. They are currently building a homestead from scratch on two little acres in central Texas. There’s a lot to be done to become somewhat self-sufficient, but they are debt-free and get to spend their days living this simple, good life together with their five young children. Carrie writes mostly on provincial stories.
%d bloggers like this: