Visa dá as boas-vindas à equipe feminina de bobsled da Nigéria na equipe Visa para os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang 2018

SÃO FRANCISCO–A Visa (NYSE:V) anunciou hoje a adição de três atletas que compõem a equipe feminina de bobsled nigeriana à equipe Visa, treinando atualmente para se tornarem as primeiras representantes africanas, entre homens e mulheres, a se qualificarem para os Jogos Olímpicos de Inverno na modalidade de bobsled. Juntas, a piloto de bobsled, Seun Adigun, e as brakemen Ngozi Onwumere e Akuoma Omeoga, combinam suas trajetórias de elite para perseguir seus sonhos no bobsled.

Sem acesso a equipamento de treinamento adequado ou tempo de gelo valioso para aperfeiçoar suas habilidades, as participantes da equipe feminina de bobsled da Nigéria começaram sua jornada nos campos sem neve de Houston, Texas, em um trenó de madeira que chamaram de 'The Maeflower'. Quando a equipe definiu seu objetivo na direção dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang 2018, criou um site esperando levantar os tão necessários fundos públicos para irem à PyeongChang. Quando descobriu a página, a Visa ficou inspirada por sua trajetória e determinação em fazer história e se comprometeu a ajudar a concretizar a viagem da equipe para os Jogos Olímpicos de Inverno.

“Quando ouvimos sua história pela primeira vez, reconhecemos o espírito coletivo dessas atletas como um encaixe perfeito para a Equipe Visa”, disse Chris Curtin, diretor de marketing de marca e inovação da Visa. “Ao entrarem para a equipe Visa, esperamos dar a esse grupo de atletas determinadas um palco global para contarem sua história e inspirarem atletas de todo o mundo a perseguir seus sonhos e nunca desistir.”

O atletismo e a determinação de cada membro da equipe feminina de bobsled da Nigéria é palpável: elas se esforçam para reescrever a história desse esporte:

  • Seun Adigun (Nigéria, piloto de bobsled): Adigun representou a Nigéria nos 100 m com barreiras nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Querendo voltar ao cenário olímpico, ela começou a treinar para bobsled em 2014.
  • Ngozi Onwumere (Nigéria, breakmen de bobsled): Onwumere, antiga velocista competitiva, conquistou uma medalha de prata e uma de ouro nos Jogos Africanos de 2015 na República do Congo nos 200 metros e no revezamento 4×100 metros, respectivamente. Onwumere começou a treinar depois de ser recrutada por Adigun em 2016.
  • Akuoma Omeoga (Nigéria, breakmen de bobsled): Omeoga tem graduação pela Universidade de Minesota onde participou como velocista na equipe de atletismo da universidade, competindo nas corridas de 100 e 200 metros. Nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang 2018 ela vai representar a Nigéria pela primeira vez.

“O apoio e incentivo que já sentimos como parte da Equipe Visa é um sonho que se tornou realidade”, disse Seun Adigun, piloto da equipe feminina de bobsled da Nigéria. “Estamos orgulhosas por fazer parte de uma equipe que compartilha nossa missão e que nos conectou aos recursos que precisávamos para alcançar nossa meta, e esperamos qualificar outros a fazerem o mesmo.”

Desde o início do programa em 2000, a Equipe Visa vem apoiando mais de 400 atletas olímpicos e paralímpicos e atletas promissores fornecendo-lhes as ferramentas, os recursos e o apoio de que precisam para atingirem todo o seu potencial, independentemente de origem ou antecedentes. A Equipe Visa apresenta um grupo diversificado de atletas olímpicos e paralímpicos, que incorporam nossos valores centrais – aceitação, parceria e inovação – e foi cultivada tendo em mente o alcance global dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

As integrantes da equipe feminina de bobsled da Nigéria juntam-se à lista de diversos atletas da Equipe Visa, que inclui: Mikaela Shiffrin (EUA), Chloe Kim (EUA), Gus Kenworthy (EUA), Hilary Knight (EUA), Oksana Masters (EUA), Mark McMorris (Canadá), Lee Sang-Hwa (Coreia do Sul), Kamil Stoch (Polônia) e outros.

Para obter informações adicionais sobre a Equipe Visa, siga @VisaNews no Twitter e acesse www.visa.com.

Sobre a Visa Inc.

A Visa Inc. (NYSE: V) é líder mundial em pagamentos digitais. Nossa missão é conectar o mundo através da rede de pagamentos mais inovadora, confiável e segura, permitindo o desenvolvimento de pessoas, empresas e economias. A VisaNet, nossa rede de processamento global avançada, oferece pagamentos seguros e confiáveis em todo o mundo, e é capaz de processar mais de 65.000 mensagens de transação por segundo. O enfoque incansável da empresa em inovação é um catalisador para o rápido crescimento do comércio conectado em qualquer dispositivo e uma força de impulsão por trás do sonho de um futuro sem dinheiro para qualquer pessoa, em qualquer lugar. À medida que o mundo se afasta do analógico e se torna digital, a Visa está aplicando sua marca, produtos, pessoas, rede e escala para remodelar o futuro do comércio. Para obter mais informações, acesse usa.visa.com/aboutvisavisacorporate.tumblr.com e @VisaNews.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Powered by WPeMatico

You might like

About the Author: Carrie Brunner

Carrie Brunner grew up in a small town in northern New Brunswick. She studied chemistry in college, graduated, and married her husband one month later. They were then blessed with two baby boys within the first four years of marriage. Having babies gave their family a desire to return to the old paths – to nourish their family with traditional, homegrown foods; rid their home of toxic chemicals and petroleum products; and give their boys a chance to know a simple, sustainable way of life. They are currently building a homestead from scratch on two little acres in central Texas. There’s a lot to be done to become somewhat self-sufficient, but they are debt-free and get to spend their days living this simple, good life together with their five young children. Carrie writes mostly on provincial stories.
%d bloggers like this: